Achei Sudoeste

13 Dez 2018 - 08:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na sessão desta quarta-feira (12), rejeitou as contas da Prefeitura de Mortugaba, da responsabilidade de Rita de Cássia Santos (PDT), relativas ao exercício de 2017. O relatório técnico apontou irregularidades em diversos processos licitatórios, o que comprometeu o mérito das contas. O conselheiro substituto Ronaldo de Sant’Anna, relator do parecer, multou a gestora em R$ 20 mil pelas irregularidades contidas no relatório. Também determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$852.656,16, com recursos pessoais, referente a não comprovação da efetiva ocorrência de pagamento de folhas de servidores (R$727.437,49); ausência de comprovação de pagamento (R$66.141,38); sonegação do original de processo de pagamento ao exame da Inspetoria Regional (R$58.768,21); e despesas indevidas com o pagamento de multa e juros por atraso no cumprimento de obrigações (R$309,10). Diante do volume dos recursos envolvidos nos procedimentos licitatórios questionados, a relatoria também determinou a realização de auditoria in loco para avaliar não apenas a regularidade dos processos, como também verificação da conformidade na prestação dos serviços e, ainda, apuração de eventual superfaturamento. As contas do município de Mortugaba apresentaram um déficit de R$751.489,12, já que foram arrecadados R$23.336.710,61 e gastos durante o exercício a quantia de R$24.088.099,73. A despesa com pessoal superou o limite máximo de 54% estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal, alcançando 65,69% da receita corrente líquida municipal. A gestora deve reconduzir tais despesas ao percentual máximo permitido para evitar a rejeição das próximas contas. Em relação aos processos licitatórios, a prefeita não comprovou a situação de emergência utilizada como fundamento para a contratação, por dispensa de licitação, de licenciamento de softwares de gestão integrada pelo valor de R$21 mil. Também foi constatado o uso excessivo do instituto da inexigibilidade de licitação para contratações de diversas “consultorias” e “assessorias” quando, na realidade, visam realizar o trabalho cotidiano da administração municipal. Além disso, o acompanhamento técnico registrou irregularidades envolvendo os diversos pregões presenciais, que totalizam o expressivo montante de R$11.592.110,42. Cabe recurso da decisão.

13 Dez 2018 - 07:30h

Mães que estão esperando ter filhos logo após o Réveillon terão mais um motivo para comemorar. Além do ano novo e do nascimento de uma nova vida, elas vão receber 2.019 reais de uma seguradora, devido a uma promoção anual feita pela seguradora e que está em sua quinta edição. A ação “Bebês da Virada” acontece desde a passagem de 2014 para 2015 e já beneficiou mais de 100 famílias. Ela premia bebês que nascerem no Brasil, de parto normal, entre a zero hora e as 2 horas do dia 1º de janeiro de 2019. O dinheiro, no entanto, não vai direto para o bolso da mamãe. O valor será depositado em um plano de previdência privada. Sem sorteio e sem a necessidade de cadastro prévio, para participar, a família deve entrar em contato com a Icatu Seguros e apresentar a documentação solicitada. Caso o pai ou a mãe do bebê já seja cliente a família recebe o prêmio em dobro, ou seja, 4.038 reais.

13 Dez 2018 - 07:00h

Pela primeira vez nos 147 anos de existência da Câmara de Vereadores de Brumado, os servidores da Casa Legislativa receberam nesta quarta-feira (12) o pagamento relativo ao 1/3 de férias. A ação decorre da gestão do presidente do legislativo, vereador Léo Vasconcelos (PDT). “Realizar pela primeira vez o pagamento do 1/3 de férias de todos os servidores é, com certeza, uma grande satisfação para nós, que nos comprometemos em gerir da mais correta forma os recursos públicos, oferecendo uma estrutura moderna e eficaz para o desenvolvimento dos trabalhos e, acima de tudo, atendendo aos anseios de nossos cooperadores, pois não seríamos capazes de efetivar tantas ações sem a imprescindível dedicação desses que diariamente trabalham conosco para que possamos oferecer um legislativo atuante e eficaz”, salientou.

13 Dez 2018 - 00:00h

Os motoristas das viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) tem encontrado dificuldades para atender às emergências por conta da desorganização do trânsito no município de Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o socorrista George Dias disse que os motoristas do Samu 192 têm enfrentado muito congestionamento no trânsito, bem como se deparado com a falta de colaboração dos demais condutores. Segundo ele, mesmo com a sirene ligada, muitos motoristas não dão passagem à viatura do Samu e dificultam o serviço prestado pelo órgão. “Isso vem acontecendo constantemente. Em todo dia de serviço, a gente se depara com essa situação”, destacou, frisando que dificultar a passagem da viatura de socorro é infração grave de trânsito. George ainda explicou que, muitas vezes, a demora no atendimento se deve justamente a essa questão. Durante a triagem, o médico de regulação precisa saber o tipo de ocorrência a fim de deslocar a viatura e a equipe de socorro específica para pleno atendimento da emergência e isso, conforme explicou, já gera um prejuízo de tempo, que é aumentado diante da dificuldade no trânsito. “Querendo ou não, o paciente é afetado diretamente com essa demora”, completou. Veículos mal estacionados no estacionamento do Hospital Professor Magalhães Neto também dificultam o trabalho do Samu, visto que obstruem a passagem da viatura. “Todo tipo de ambulância que pertence a administração, seja pública ou privada, tem que ter uma circulação rápida na via pública em detrimento dos demais usuários da via”, finalizou Dias.

12 Dez 2018 - 18:55h

Na sessão de quarta-feira (12), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou com ressalvas as contas da Prefeitura de Brumado, da responsabilidade de Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), referentes ao exercício de 2017. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o relator do parecer, conselheiro Plínio Carneiro Filho, multou o gestor em R$ 5 mil pelas irregularidades apuradas durante o exame das contas. O município de Brumado apresentou uma receita arrecadada no montante de R$ 182.877.446,49 e realizou despesas na ordem de R$ 133.344.093,73, o que indica um superávit de R$ 49.533.352,76. A despesa total com pessoal representou 32,15% da receita corrente líquida do município, cumprindo, portanto, o limite de 54% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. (LRF) Entre as ressalvas foram destacadas algumas falhas no sistema SIGA, do TCM, como por exemplo a divergência entre o valor informado no SIGA e o apresentado em documento encaminhado ao TCM. Sobre as obrigações constitucionais e legais, o prefeito cumpriu todos os índices exigidos. Na manutenção e desenvolvimento do ensino foram investidos 26,48% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, cumprindo o mínimo de 25%. Já nas ações e serviços públicos de saúde o investimento foi de 27,10% dos impostos e transferências, superando, portanto, o mínimo de 15%. E, na remuneração dos profissionais do magistério foram aplicados 72,95% dos recursos originários do FUNDEB, sendo o mínimo exigido 60%. Cabe recurso da decisão.

12 Dez 2018 - 18:30h

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central define hoje a taxa básica de juros da economia. A expectativa da maioria dos analistas é que o comitê mantenha a Selic em 6,5% ao ano. Se a previsão se confirmar, será a sexta reunião consecutiva do Copom que mantém a Selic no mesmo patamar – a taxa está em 6,5% desde março, a menor da história. Uma dúvida, que pode influenciar na definição da Selic de 2019 vem do front externo. No boletim Focus desta semana, os analistas mantiveram a previsão de que a Selic termine o ano em 6,5% e chegue a 8% em 2019.

12 Dez 2018 - 18:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), multou em R$ 3mil, o prefeito Frederico Vasconcellos Ferreira (PCdoB), o Dr. Fred, da cidade de Licínio de Almeida, a 140 km de Brumado, pelas irregularidades constatadas durante a análise das contas do exercício financeiro de 2017. O parecer foi publicado na última terça-feira (11). Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o relator foi o conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza. Ele destacou no parecer a baixa arrecadação da dívida ativa pelo município, a omissão na cobrança de multas e ressarcimentos imputados pelo TCM a ex-gestores e a publicação intempestiva dos decretos de abertura dos créditos adicionais suplementares, créditos especiais, e alteração do quadro de detalhamento de despesa. Sobre as obrigações constitucionais e legais, o prefeito cumpriu todos os índices exigidos. Na manutenção e desenvolvimento do ensino foram investidos 27,96% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, cumprindo o mínimo de 25%. Já nas ações e serviços públicos de saúde o investimento foi de 21,61% dos impostos e transferências, superando, portanto, o mínimo de 15%. E, na remuneração dos profissionais do magistério foram aplicados 77,36% dos recursos originários do Fundeb, sendo o mínimo exigido 60%. Cabe recurso da decisão.

12 Dez 2018 - 17:30h

Jair Bolsonaro é a grande surpresa na lista global das personalidades mais procuradas no Google em 2018. Em 6º lugar, ele aparece à frente do juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos Brett Kavanaugh (7º); Hailey Baldwin (8º), namorada de Justin Bieber; Stormy Daniels (9º), ex-atriz pornográfica, suposto affair de Donald Trump; e da rapper Cardi B (10º). Quem lidera a lista é a duquesa Meghan Markle, mulher do príncipe Harry. A cantora Demi Lovato (2º) e o ator Silvester Stallone (3º) completam o pódio dos mais procurados. O youtuber Logan Paul (4º) e a socialite Khloe Kardashian (5º) são os outros dois nomes à frente de Jair Bolsonaro.

12 Dez 2018 - 17:00h

O prefeito Érico Cardoso de Azevedo (PSD), do município de Érico Cardoso, a 144 km de Brumado, terá que ressarcir aos cofres municipais a quantia de R$ 3,1 mil, com recursos pessoais, referente a ausência de comprovação de despesa no processo de pagamento. O gestor ainda foi multado em R$ 2,5 mil pelas irregularidades encontradas durante o exame das contas. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o julgamento das contas do exercício financeiro de 2017 foi realizado na última terça-feira (11) no Tribunal de Contas dos  Municípios (TCM). Apesar das penalidades, o relator conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, opino pela aprovação com ressalvas das contas do município. O acompanhamento das contas revelou a existência de falhas em processos de pagamento, vez que encaminhados sem os documentos exigidos; irregularidades em processos licitatórios; e falhas na inserção de dados da gestão pública no sistema SIGA do TCM. A despesa total com pessoal foi de R$12.108.729,01, que corresponde a 52,50% da receita corrente líquida municipal, cumprindo, assim, o limite de 54% definido na Lei de Responsabilidade Fiscal. A receita arrecadada do município alcançou o montante de R$23.242.301,51 e as despesas realizadas importaram em R$24.637.118,88, o que resulta em déficit R$1.394.817,37. Cabe recurso da decisão.

12 Dez 2018 - 16:30h

Três mulheres foram presas na noite desta terça-feira (11), no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, após serem flagradas tentando embarcar com 25 Kg de cocaína. Segundo a Polícia Federal, as suspeitas são brasileiras e tentavam seguir em voo com destino a Lisboa, em Portugal. De acordo com o G1, a PF detalhou que a droga estava escondida no forro de três malas e em frascos de cremes, shampoos e enxaguantes bucais. A cocaína foi localizada pelos policiais federais em inspeção de rotina realizada no momento do embarque. Ambas foram autuadas em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e permanecerão à disposição da Justiça Federal.

12 Dez 2018 - 16:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na terça-feira (11), aprovou com ressalvas as contas do presidente da Câmara de Guanambi, vereador Agostinho Paz de Lira Neto(PSDB), referentes ao exercício de 2017. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, relator do processo, multou o gestor em R$ 3 mil pelas irregularidades constatadas durante a análise das contas. Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$ 22.950,00, com recursos pessoais, pela não comprovação da execução do serviço (R$ 14.950,00) e irregularidade em processo de pagamento (R$ 8 mil). O acompanhamento técnico das contas apontou a contratação direta por inexigibilidade para assessoria jurídica de R$104.000,00, sem comprovação dos requisitos exigidos na Lei nº 8.666/93 para essa modalidade e despesas com publicidade sem comprovação da sua efetiva publicação e do seu conteúdo. A Câmara recebeu repasses, a título de duodécimos, no montante de R$5.708.441,30 e promoveu despesas na quantia de R$5.678.441,30, em cumprimento ao limite estabelecido no artigo 29-A, da Constituição Federal. Cabe recurso da decisão.

12 Dez 2018 - 15:30h

Foi aprovada em sessão que começou na manhã desta quarta-feira (12), na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em, Salvador, a reforma administrativa proposta pelo governo do estado. Somente a PEC que trata do teto salarial dos servidores, um dos pontos que mais causou polêmica entre os funcionários públicos, ficou para ser votada na próxima semana. De acordo com o G1, no meio da sessão, os deputados da oposição deixaram o plenário, entretanto a situação tinha quórum suficiente para aprovar a reforma. De acordo com a assessoria da Alba, a PEC do teto salarial será apreciada na quinta-feira (13) nas comissões conjuntas, que reúnem as comissões pelas quais o projeto precisa passar, e na segunda (17) ou terça-feira (18), o primeiro turno da votação do projeto será realizado. O segundo turno está previsto para sexta-feira (21).

12 Dez 2018 - 15:00h

Em sessão solene realizada na última terça-feira (11), Girson Ledo (PSDB) foi novamente empossado como vereador na Câmara Municipal de Brumado. Por decisão judicial, ele ficará apenas sete dias no cargo, tendo em vista que o vereador Eduardo Cunha Vasconcelos (PSDB) retornará à função, após licença para tratamento de saúde. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Ledo destacou que, embora seja um período curto, é muito importante para mostrar que a lei existe. “Não entrei na justiça para cassar o mandato de Dudu (Eduardo Cunha Vasconcelos). Como ele afastou para tratamento de saúde, era meu direito assumir essa vaga, só que o presidente não me convocou e tive que tomar essa atitude de entrar na justiça”, explicou. Como a própria Câmara derrubou a primeira liminar que determinava a sua convocação, Ledo entrou novamente na justiça com um recurso para resguardar o seu direito. “Graças a Deus, voltei a ganhar. Será um período curto, mas de muita experiência pra mim. Espero que Dudu volte para assumir o seu papel e assim vamos seguindo. Seja o que Deus quiser”, avaliou, torcendo para que o parlamentar seja um bom representante para a comunidade brumadense.

12 Dez 2018 - 14:30h

Um homem invadiu a Catedral Metropolitana de Campinas, em São Paulo, durante uma missa, matou quatro pessoas e depois se suicidou. Mais quatro pessoas ainda foram feridas. De acordo com os Bombeiros, o homem entrou na catedral com uma pistola e um revólver calibre 38. Ele atirou nas pessoas presentes e depois foi até a frente do altar e tirou a própria vida. Na hora do ataque houve corre-corre no centro da cidade, principalmente na Rua 13 de Maio, uma das mais movimentadas do comércio local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu os feridos para hospitais da cidade. Uma mulher de 65 anos teve ferimentos na região da cervical e foi levada ao Hospital Mário Gatti. Outra, de 40 anos, foi levada para o Hospital das Clínicas da Unicamp. Uma terceira vítima, em estado grave, foi socorrida para uma unidade que não foi divulgada. Também não há informação de para onde foi levado o quatro ferido.

12 Dez 2018 - 14:00h

A prefeitura de Brumado contratou uma assessoria jurídica e contábil a fim avaliar se os royalties do minério estão sendo devolvidos ao município como forma de contribuição pela exploração mineral na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) destacou que todo produto mineral é findável e os royalties existem para que as mineradoras façam investimentos em diversas áreas, como o turismo, e estimulem o aparecimento de novos investidores. “Tenham estrutura suficiente para atrair investidores para quando o minério acabar elas terem sobrevivência financeira. Esse é o propósito, não é fazer farra, carnaval, é visando dar sustentabilidade econômica ao município quando o minério acabar”, completou. Para o gestor, Brumado não está tendo sequer a chance de criar essa infraestrutura. “Talvez a gente não consiga nem crescer em função desse pagamento que nunca existiu ou existiu no passado, mas depois desapareceu ao longo do tempo. Se compararmos Brumado com todos os municípios do quadrilátero ferrífero de Minas Gerais, fico até com vergonha”, reiterou. Vasconcelos frisou que, atualmente, existem três ou quatro grandes mineradoras na cidade e o recolhimento é irrisório.

12 Dez 2018 - 13:30h

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve suspensa a criação de nove cargos de desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ). Na decisão, a ministra Rosa Weber confirmou uma liminar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que proibiu a Corte baiana de realizar nomeações de desembargador e respectivos cargos comissionados de assessores. No entendimento do CNJ, o TJ precisa de mais juízes de comarcas do que de magistrados no segundo grau. Um dos dados utilizados na argumentação foi o de que apenas 64% dos cargos de juízes no estado estão ocupados. Rosa Weber levou em conta também a situação financeira do tribunal da Bahia, que, segundo o CNJ, “está com dificuldades até para pagar os encargos sociais e as despesas com pessoal”. O TJ tem hoje 60 desembargadores.

12 Dez 2018 - 13:00h

Surpreso com a reprovação do projeto nº 031/2018, de autoria do poder executivo, que dispõe sobre a orientação do Ministério Público Estadual (MPE) para que sejam substituídos nomes de personalidades vivas para homenagens póstumas nos logradouros públicos de Brumado, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) declarou que o órgão é que deve resolver a questão. “O Ministério Público não é o todo poderoso? Então ele que resolva a questão, pois a parte que coube ao executivo nós cumprimos, mas não podemos interferir em uma decisão da casa legislativa. É outra esfera de poder”, disse o gestor ao site Achei Sudoeste. Indagado sobre as homenagem póstumas, o prefeito ironizou que prefere continuar vivo ao ser homenageado. “Não quero questionar uma decisão da lei, se é lei que se cumpra, mas, se para ser homenageado dessa forma eu tenho que morrer, então espero não ser homenageado por tão cedo”, afirmou. Na sessão da câmara de vereadores da última sexta-feira (07), o projeto foi reprovado por unanimidade e os parlamentares argumentaram que atender a orientação do Ministério Público causaria um grande transtorno à comunidade, pois substituir os nomes de locais como o Bairro Dr. Juracy, que há quase 40 anos carrega o nome do médico três vezes prefeito do município, ou da Avenida Mestre Eufrásio, também há décadas homenageando o mestre de obras que a pavimentou e ainda lá reside, além de prédios escolares, seria uma afronta não apenas às personalidades em vida como aos seus familiares. “Pra que serve uma homenagem na morte se eu não vou estar vendo? Se querem me homenagear que seja em vida”, argumentou o vereador José Santos (Sem Partido).

12 Dez 2018 - 12:30h

A comissão especial criada na Câmara para analisar o foro privilegiado aprovou nesta terça-feira (11) parecer do deputado Efraim Filho (DEM-PB) que restringe o benefício para autoridades. O texto prevê a manutenção do foro privilegiado apenas para os chefes dos três poderes (presidente e vice da República, e presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal). O foro privilegiado – ou foro especial por prerrogativa de função – está previsto na Constituição. É o dispositivo que garante a autoridades como presidente da República, senadores, deputados federais e ministros o direito de serem investigados e julgados somente no Supremo Tribunal Federal (STF). No caso dos governadores, o foro é o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Prefeitos são julgados por tribunais de Justiça. Se a PEC for promulgada, as autoridades com foro privilegiado atualmente passarão a ser processadas e julgadas na primeira instância da Justiça, como qualquer cidadão, caso cometam crimes comuns. A proposta aprovada pela comissão especial da Câmara manteve integralmente a versão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) aprovada pelo Senado em maio do ano passado. O colegiado da Câmara analisou o texto nesta terça-feira em uma reunião rápida, que ocorreu nos intervalos de votações do plenário principal da Casa. Se o texto não fosse votado até o fim do ano legislativo, em 22 de dezembro, a comissão especial teria de ser encerrada, e um novo colegiado teria de ser criado para analisar a PEC, o que atrasaria a tramitação da proposta. Com a aprovação na comissão, o texto segue agora para o plenário da Câmara. Os deputados, entretanto, devem analisar a PEC do foro privilegiado somente no ano que vem, já que a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro e de Roraima impede a apreciação, no plenário da Casa, de textos que alterem a Constituição. Em maio deste ano, os ministros do STF decidiram limitar o foro privilegiado de deputados e senadores aos processos sobre crimes ocorridos durante o mandato ou relacionados ao exercício do cargo.

12 Dez 2018 - 12:00h

Através do projeto social Amigos em Missão, o caculeense José Roberto da Silva, 51 anos, teve a sua vida resgatada. De acordo com o Sertão em Dia, a missionária Maria Mercê encontrou José Roberto no Bairro da Estação em uma de suas visitas. A missionária diz ter visto a imagem de Jesus nele e o chamou para entregar uma cesta básica. Mercê foi até a casa do homem, que tem só quatro paredes, sem móveis e eletrodomésticos. Diante da situação, o grupo mudou a vida de Roberto, transformando a sua aparência e moradia. Ele parou de beber e segue firme na missão cristã.

12 Dez 2018 - 11:30h

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (11) o projeto de lei que aumenta em quatro vezes a pena para quem comete maus-tratos ou abuso contra animais silvestres e domésticos. O projeto segue agora para votação no Senado. A proposta altera a Lei de Crimes Ambientais, que já prevê pena de detenção para a prática, de três meses a um ano. Pelo texto aprovado na Câmara, a punição passa para um a quatro anos de prisão. A pena poderá ser aumentada em até um terço se o animal morrer ou se ficar constatado que houve ato de zoofilia (abuso sexual de animais). A votação, simbólica, foi resultado de acordo entre os partidos. Os deputados aprovaram o projeto de lei dias depois da morte de um cachorro em um supermercado em Osasco (SP). O animal morreu por hemorragia, após ter sido supostamente envenenado e espancado. Vídeos e fotos mostram o animal sendo perseguido por um segurança do supermercado que portava uma barra de alumínio. As imagens geraram comoção e indignação nas redes sociais. O caso é investigado pelo Ministério Público.

12 Dez 2018 - 11:00h

No último sábado (08), foi realizado mais um exame de graduação dos alunos do Centro de Treinamento Team Ribeiro. O nstrutor de Muay Thai, Fabiano Ribeiro, Grau Preto de Muay Thai pela Confederação Mundial de Muay Thai, disse, com grande orgulho, que seus alunos se capacitaram por serem reconhecidos pelo desempenho físico e técnico que a arte marcial tailândesa exige. Durante a cerimônia, foram graduados os alunos:  Ana Luisa Vilas Bôas, Lavínia Aguiar de Souza Messias, Milene Stephane Lima Ribeiro, Gabriela Correa Rocha, Evelly Bárbara Trindade Santos, Rubia de Almeida Macedo, Luciano dos Santos Filho, Natanael Cotrim Novaes, João Batista da Silva Júnior, Felipe Porto dos Santos, Leandro da Silva Queiroz, Diego Luiz Rodrígues Moreira e José Vagner Pinto França.

12 Dez 2018 - 10:30h

Em protesto contra a reforma administrativa proposta pelo governador da Bahia, Rui Costa, servidores estaduais quebraram a porta de vidro da entrada do plenário da Assembleia Legislativa do Estado (Alba) e invadiram o local, na tarde desta segunda-feira (11). O clima ficou tenso no prédio, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O objetivo dos manifestantes era fazer com que a pauta fosse retirada da sessão desta segunda, que foi suspensa após a invasão do plenário. Sem um acordo com oposição e servidores, o presidente da Alba, Ângelo Coronel (PSD), chegou a anunciar que faria a votação em outro local da casa, já que o plenário estava ocupado pelos manifestantes. No entanto, por volta das 17h10, ele voltou atrás e anunciou que a sessão estava encerrada e que as pautas, inclusive a votação da reforma administrativa, serão retomadas na quarta-feira (12).  De acordo com o G1, dos 63 parlamentares, 49 estavam presentes no plenário nesta terça. Outros 14 não compareceram. Participam da manifestação, integrantes do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), do Sindicato dos Médicos da Bahia ( Sindimed/BA) e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB). Com faixas e cartazes, parte do grupo se concentra em frente à Alba, enquanto algumas pessoas entraram no plenário. Os manifestantes pedem a recusa do projeto na Alba. Os servidores temem demissões, além de diminuição de salários e perda de direitos.

12 Dez 2018 - 10:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) destacou que o projeto encaminhado pelo Executivo ao Legislativo permite que o Município faça uma licitação para gerir os serviços de abastecimento e saneamento na cidade. Nesse sentido, o gestor disse que torce para que a própria Embasa seja uma das concorrentes e ganhe o procedimento licitatório a fim de que a parceria com o Estado continue. “Às vezes, há uma má interpretação de que nós estaríamos fazendo um divórcio entre os interesses do município e do estado. São duas coisas totalmente diferentes. Se a Embasa ganhar essa licitação, e faço votos que ganhe, ela terá parâmetros diferentes. Na concessão que prevalece hoje, ela nada de braçada. Estamos há 46 anos concedendo a Embasa todos os privilégios. Trocando em miúdos, a Embasa fica com o filé e o Município com os ossos”, disse o gestor,  criticando o fato de que toda a carga de esgoto é lançada na rede pluvial da cidade, visto que a empresa não oferece o serviço de saneamento básico. Vasconcelos ainda frisou que a Embasa vende a água por um dos maiores valores no Brasil, sendo bastante compensadora a sua atuação no município. “Brumado só dá lucro para a Embasa. A gente está buscando sair da concessão para a licitação, é um direito do povo de Brumado. É dá vontade do povo que, mesmo que a Embasa fique, seja sob novo sistema. A Embasa está tendo uma segunda chance, aproveita se quiser”, reiterou.

12 Dez 2018 - 09:30h

Diferente de outras especialidades a ortopedia abrange o atendimento de pacientes de todas as idades, do recém-nascido aos idosos. O ortopedista é habilitado no tratamento de deformidades congênitas e traumas do parto em crianças; doenças do crescimento em adolescentes; lesões musculares, tendinites nervosas, ligamentares e ósseas em todas as faixas etárias; fraturas em idosos, entre tantas outras afecções relacionadas ao aparelho locomotor. Ricardo Amâncio, ortopedista que atende na Clínica Mais Vida ressalta a importância do cuidado da saúde dos ossos desde cedo, pois só desta maneira se conseguirá envelhecer com qualidade de vida, preservando as articulações. Frisando que a prática de exercícios aliado a uma alimentação saudável são essências para a garantia de ossos saudáveis. Portanto, cuide da saúde de seus ossos. Previna-se. Agende uma consulta com o ortopedista. Agende sua consulta. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868.

12 Dez 2018 - 09:00h

Diversos moradores de Rio de Contas, a 68 km de Brumado, participaram da sessão ordinária desta segunda-feira (10), na Câmara de Vereadores, para externar a insatisfação com os serviços prestados pela Embasa no município, bem como pelas contas altas que estão sendo cobradas dos consumidores. Na oportunidade, os vereadores questionaram a falta de água na cidade e o uso de canos de amianto no centro histórico, já que esse material é cancerígeno e traz riscos para a saúde. Além disso, os parlamentares criticaram a má qualidade da água fornecida, sugerindo que o serviço seja municipalizado, como está sendo feito em Brumado e já é há muito tempo em Dom Basílio. Os vereadores e a assessoria jurídica da câmara vão buscar uma decisão judicial que garanta às pessoas o direito de não pagar por contas abusivas sem o risco de terem o fornecimento suspenso.